segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Captação de Recursos

A importância de um Network

Mas afinal, O que é um “NETWORK”?

“Network” é uma expressão americana, incorporada para nossa língua portuguesa.
Pode-se dizer que “Network” significa rede de relacionamento, um círculo de relações pessoais e por que não dizer profissionais.

Então, eu pergunto: você acha que o “Network” é importante para o seu negócio?

Pois é, citaremos a seguir alguns integrantes de um Network Profissional, que podemos dizer que fazem parte da nossa Cadeia de Relacionamento Profissional

Iremos chamar de CLIENTES EXTERNOS – todos aqueles que irão adquirir a mercadoria em qualquer que seja a situação.

CLIENTES INTERNOS – São todos os componentes da equipe do estabelecimento comercial como os vendedores, supervisores e proprietários.

Os FORNECEDORES – também são caracterizados como sendo parte de uma lista de um Network, pois deles dependemos dos insumos para sobrevivermos comercialmente.

E por fim, as ALIANÇAS ESTRATÉGICAS – que nos dias de é muito importante o contato direto e estreito com possíveis concorrentes, pois assim possibilitamos parcerias estratégicas, como vendas casadas, compras de insumos por meio de cooperativas, dentre várias outras possibilidades.

Aí você, que está lendo este artigo, deve estar perguntando:
Diante das classificações supra citada, o que o Network tem a ver com isso?
Nesse momento é que percebemos a importância do network. Criar e manter uma rede de contatos poderá garantir o surgimento de oportunidades para todos nós, e, principalmente para você como pessoa e para sua rede de relacionamento.
Esse é o benefício do network – a geração de oportunidades mútuas – que proporcionará mais relações negociais. E digo mais, quanto maior for o seu cenário de relacionamento profissional ou pessoal, maior será o seu “campo e poder de influência”.
Lembra-se do artigo sobre Apresentação Pessoal quando falamos sobre o poder de influência sobre nossos clientes, não somente as pessoas as quais estamos diante delas no atendimento como exemplo, mas a todos com as quais temos contato.

Tudo bem, mas, como usar, praticar um Network:
Uma coisa tem que ficar bem clara: não é o network que cria a pessoa, o profissional, ou o estabelecimento comercial, é a pessoa que cria o network em função das suas relações, bem como as características humanas e profissionais. Portanto, network é uma conseqüência natural de um bom relacionamento.
Muitas vezes não utilizamos todo o potencial de uma rede de relacionamento que podemos criar e, principalmente mantê-la.

GERANDO NOVOS CONTATOS
Se você já tem alguns contatos nas mais diversas formas de relacionamento, seja profissional ou pessoal, é bom que comece a reorganizá-los e colocá-los nos níveis de relacionamento, pois para ser um bom networker não é necessário somente saber gerar novos contatos para a sua rede, mas valorizar aqueles que já fazem parte dele.
Há duas formas para estabelecer novos e bons contatos: a primeira é a natural e a que efetivamente mais funciona, aproveitando sua exposição em vários campos de influência já existentes (empresa, escola, família, lazer, vizinhança dentre outros meios) – para isso a dica é simples: apresente-se e mantenha-se sempre disponível, comunicativo, atencioso e amigável. Essas características são pessoais, portanto, cada pessoa tem em um nível; o importante é você utilizá-las respeitando seus limites, sem “forçar” algo que você não é, não se tornando superficial. Claro que com tempo podemos nos desenvolver e reduzir nossas limitações; porém, vale repetir: network é conseqüência natural.
A outra forma de gerar novos contatos é se expondo em novos “campos de contato”. Locais, eventos e reuniões que não costuma frequentar, mas que podem ser interessantes em função do conhecimento adquirido, da possibilidade de novos negócios e da formação de novos contatos. Feiras de negócios, Congressos, Seminários, possuem este objetivo. Associações e entidades de classe como a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas também têm isso como função.
Eventos pertinentes à sua carreira são momentos importantes para novos contatos.
Enfim, pelo aprimoramento dos negócio se relacionado ao empreendedorismo, precisamos a todo momento ser networkers. Precisamos nos mostrar, saber gerar novos contatos, transformá-los em contatos com reconhecimento, progredindo para rede de relacionamentos movida à reputação e histórias comuns. Isso garantirá um amplo “campo de influência”, que o premiará com um grau maior de “poder de influência” junto às pessoas da rede.
Com a rede ampliada e fortalecida teremos em mãos uma grande vantagem competitiva, para você e para seus contatos, pois o network só se manterá sólido se, além de receber oportunidades, você e cada um da rede também souberem contribuir, doar e ajudar. Network é para todos! Faça uso e oportunize-o.

Um comentário:

artesdakarluiza disse...

Parebéns pelo blog! Sou publicitária e estou afzndo um institucional para uma empresa de captação de recursos e procurando artigos sobre o tema, m deoarei em vários sites, com o mesmo texto. Continuei pesquisando até cair aqui! Gostei do que li, você me ajudou muito. Obrgada!

Abs!
Karla.
http://blog.agencialumini.com (meu blog que fala sobre o dia a dia de uma criança que está autista)
www.agencialumini.com (meu portfólio)